O festival “Viva a Cultura Fepac” chega ao último dia de apresentações online neste domingo. O público pode acompanhar a transmissão a partir das 20h, no canal do Youtube da Secretaria de Cultura, no link youtube.com/SecretariadeCulturadeBauru.

O festival, que completa 30 dias de apresentações, é realizado pela Secretaria de Cultura, por meio do Fundo Especial de Promoção das Atividades Culturais – Fepac, e conta com a parceria do Diário do Brasil – TV Preve e da 94FM, e com o apoio da FAAC webTV (Unesp).

Choro no riso

Na apresentação, Léo Zé sobe ao palco com um show de MPB essencialmente autoral, cantando músicas de seu próprio repertório e algumas do cancioneiro popular. O show é conduzido por Léo Zé, na voz e violão, acompanhado por Fernando Lima no baixo e Israel Reinaldo na bateria.

Léo Zé é compositor há 20 anos. Começou a trajetória com bandas de rock amadoras e estudou violão no Teatro Municipal de Bauru. Na década de 90, fez parte das bandas Ossadas do Menguele e Gardenal e, nos anos 2000, participou da banda Bluseados. Em 2006, gravou o disco autoral “O mundo vai acabar em dinheiro”. Em 2011, esteve no Festival Botucanto. Em 2012, seguindo carreira solo, Léo Zé lançou o disco “A Senha”, que teve músicas tocadas em rádios da região.

Tributo a Renato Russo (Legião Urbana)

A apresentação tem como proposta um show em homenagem a Renato Russo, um dos grandes nomes do rock nacional. O tributo é realizado por Carlos André Rodrigues na guitarra e vocal, acompanhado por Walmir Bonicontro no contrabaixo e Rogério Veiga na bateria.

Carlos André Rodrigues, conhecido como André Turco, iniciou sua trajetória na música participando das bandas Sex Machine e Trio Diabo A4, na década de 90. Participou de festivais como a Fenpop, Skol Rock, Festivalda e outros. Em 2002, iniciou sua carreira solo, se apresentando com voz e violão ou com bandas de apoio. Lançou dois CDs gravados em shows ao vivo e gravou os discos “Camaleão de A a Z” e “Meus segredos”. André também produziu o show “Porta voz dos meus heróis”, no qual homenageia nomes reconhecidos da música.

Novo Amor

Vitória Cação apresenta um show em voz e violão com músicas que narram a decisão pelo amor próprio e a recuperação da autoestima. A apresentação tem uma proposta leve e humorada, levando o ouvinte a refletir sobre a qualidade de seus relacionamentos.

Vitória Cação é pianista desde 2005. No formato voz e violão, toca bossa-nova e músicas autorais em bares e eventos bauruenses há cinco anos. Mantém o programa de entrevistas Profissão Compositor na TVFib, produz o Sonora Festival Internacional de Compositoras em Bauru com um grupo de voluntárias, e o site Compositores e Curiosos. Em 2020, foi aprovada na faculdade internacional de música Berklee College of Music e, hoje, a artista cursa a graduação em composição na Souza Lima, em São Paulo.

Melancia Em Treinamento

Na apresentação teatral, a personagem Ticanica explora diversas modalidades esportivas tentando encontrar qual é a sua vocação. Dentre as modalidades, a dança é a área em que a personagem descobre ter maior afinidade. A cena é apresentada por Etiene Amaro, acompanhada por Pedro Luiz Blanc.

Etiene Dias Fernandes Amaro é formada em artes cênicas pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), em 2017. A artista também foi aluna de circo contemporâneo na Divisão de Ensino às Artes. Etiene é atriz na Cia Cirkômicos e mantém o projeto “A Viola e o Boal”, que trata da iniciação ao teatro através dos jogos teatrais e é voltado para escolas.

Durante sua trajetória, a artista participou, em 2013 e 2014, da oficina-espetáculo “Cortejo Abre-alas: PERCH”, em Campinas. A atriz fez parte do grupo teatral Ítalo Banda, formado em Londrina, e esteve em festivais como o 13º FESQ, em Cabo Frio/RJ, II SOL Cenas Curtas, em Araguari/MG, 13º Semana de Artes do Corpo da PUC, em São Paulo, entre outros.

A Revolta de Samauma

A apresentação teatral leva ao palco a lenda de Samauma, em que o ator Rafael Maia interpreta a personagem Osverde Campos. Na narrativa, Osverde conduz o público pela trajetória de Samauma, uma jovem indígena que, após ter sua aldeia atacada, é transformada pela Deusa Jaci em uma grande árvore que busca por harmonia.

Rafael Maia iniciou sua trajetória no teatro com cursos oferecido pela Secretaria de Cultura de Bauru. É graduado em artes visuais pela Universidade Metropolitana de Santos. É palhaço, ator, contador de histórias e cofundador do Grupo Folia do Divino. Faz parte do Solar Núcleo de Teatro, desde 2016, e participou como ator na Cia. Titius. Em 2012, em parceria com Thiago Neves e a Casa de Cultura Celina Neves, esteve no 1° FestinBau – Festival de Teatro Independente de Bauru.

Foi arte-educador no Grupo Ato e atuou nas peças “Alice no País das Maravilhas”, “A Ciranda e o Dom”, “A Farsa do Anjo da Asa Quebrada”, entre outros. Em 2018, participou da 14ª Mostra de Teatro de Jacarezinho “EnCena”. Atualmente, desenvolve uma adaptação do espetáculo Thurannos, que é encenado pela plataforma Google Meet.

Serviço
Festival “Viva a Cultura Fepac”
De 27/02 a 28/03, a partir das 20h
Canal do Youtube da Secretaria de Cultura de Bauru: youtube.com/SecretariadeCulturadeBauru
Facebook: @secretariadeculturadebauru
Instagram: @culturabauruoficial
Programação completa: https://www2.bauru.sp.gov.br/cultura/vivacultura.aspx

Programação de 28/03:
“Choro no riso” – Léo Zé (Música)
“Tributo a Renato Russo (Legião Urbana)” – Banda Perfeição (Música)
“Novo amor” – Vitória Cação (Música)
“Melancia em treinamento” – Etiene Amaro (Tica)/Cia Cirkômicos (Teatro)
“A revolta de Samauma” – Rafael Maia (Teatro/Contação de História)

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO
PREFEITURA DE BAURU