O livro “Tempos de Violência”, quinto livro do historiador Edson Fernandes, tem lançamento virtual na próxima quarta-feira (7). O público pode acompanhar os vídeos, publicações e lives no perfil do Instagram da Editora Mireveja.

A obra será lançada nos formatos digital e físico. A produção da versão digital foi contemplada pelo Edital Ações de Difusão Cultural, da Secretaria de Cultura de Bauru, com recursos provenientes da Lei Aldir Blanc.

O livro digital pode ser baixado gratuitamente no site da editora, através do link www.editoramireveja.com/ebooktempos. Já a edição impressa é uma iniciativa comercial da editora.

No livro, que carrega o subtítulo “brutalidade, contravenção, estupro e suicídio no interior paulista do início do século XX”, o autor aborda a violência cotidiana, a violência contra mulher e a violência contra a própria vida no período de formação de Bauru, entre os anos de 1903 e 1924. Na época, a cidade passava por um processo acelerado de urbanização, ganhava importantes linhas férreas e tinha conquistas da modernidade. Entretanto, problemas sociais surgiram e estes são trazidos à tona nas páginas do livro.

O autor Edson Fernandes é doutor em história e, nos últimos anos, tem desenvolvido pesquisas sobre a ocupação e povoamento da região centro-oeste do Estado de São Paulo, incluindo os conflitos com a população indígena e a criação de vilas e povoados. Ao longo de sua trajetória, o historiador publicou artigos, escreveu “Uma vila no sertão: Lençóes, século XIX”, “Histórias incomuns” e é coautor de “Lençóis Paulista conta sua história” e de “Fronteira infinita: índios, bugreiros, escravos e pioneiros na Bahurú do século XIX”.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO
PREFEITURA DE BAURU