Foto: Designed by Freepik

A escolha da expressão, “um dedo de prosa” que significa uma “conversa informal, normalmente amistosa” não é à toa. Colocar o papo em dia já não tem sido um hábito tão rotineiro como antigamente, por diversos fatores e principalmente por conta da correria dos dias atuais.

No entanto, a prática desse costume para aqueles que convivem com a solidão torna-se essencial. É para isso que surgiu o “Dedinho de Prosa”, parceria com a Divisão de Bibliotecas da Secretaria de Cultura, promove um bate papo com idosos e adultos.

“O Dedinho de Prosa – Conversas que promovem saúde” tem como objetivo propor encontros nos quais adultos e idosos exerçam o regate do amor próprio e a autonomia através de uma roda de conversa. Desenvolvido por psicólogos voluntários, a empatia e o contato olho no olho são dois dos principais exercícios do projeto.

A partir de terça-feira (10), os encontros quinzenais terão quatro bibliotecas como ponto de encontro. Pessoas com mais de 45 anos e interessados em comparecer podem aproveitar as vagas ainda disponíveis, afinal são no máximo 25 pessoas em cada turma.

Os encontros contam com a apresentação do tema, roda de conversa e uma atividade para ser realizada em casa. Alguns dos temas tratados são: luto, atividades físicas, sexualidade e depressão. Para isso, haverá a presença de 12 psicólogos voluntários, além de outros profissionais da saúde como médicos e nutricionistas.

O foco na terceira idade alerta para o descaso com esse público que muitas vezes sofre com a solidão e é tratado como incapaz. Por isso, ouvir os idosos é importante para perceber seus desejos e histórias e através da construção dessas relações e reflexões sobre questões humanas.

As bibliotecas e datas do projeto seguem abaixo:

10 de março – terça – 15h

Projeto “Achilles dos Reis”

Praça da Estação Ferroviária – Tibiriçá

11 de março – quarta – 15h

Biblioteca Ramal Geisel

Rua Alziro Zarur, 5-08, Núcleo Geisel

13 de março – sexta – 15h

Auditório “Helvécio de Barros” – Centro cultural “Carlos Fernandes Paiva”

Av. Nações Unidas, 8-9

20 de março – sexta – 15h

Estação Cidadania

Rua Maria José Silvério dos Santos, Quadra 02 – Conjunto Habitacional: Pastor Arlindo Lopes Viana