Por conta da pandemia, o projeto adotou o formato online

O “Um Canto no Botânico: encontro da música com a natureza” é um projeto musical que nasceu em 2009, iniciativa do Jardim Botânico Municipal de Bauru.

Por conta da pandemia o projeto foi retomado agora no formato online. Contando com a apresentação deste domingo, a iniciativa somará cinco shows que serão transmitidos por lives.

No próximo domingo 13/09, acontecerá a segunda apresentação com o show “Choro e Samba de Manhã”.

Os músicos responsáveis serão:

Marli Nunes, pianista e presente no choro desde 2010, também idealizou o projeto “Choro Vivo” que percorre escolas e espaços públicos de Bauru.

O trombonista Eduardo Guarnetti Johansen, líder de naipe na Banda Sinfônica Municipal de Bauru e vencedor do prêmio de Menção Honrosa no festival de choro “Nabor Pires de Carmargo”.

Luiz Américo Leutewiler Manaia, ou “Ralinho”, baterista especializado em Jazz dos anos 1990, tocou com a Bauru Jazz Band coordenada pelo maestro Badê e com a banda Sindicato do Jazz. Também se apresentou com o saxofonista do programa do Jô, Derico.

A transmissão da live será pelo perfil no Facebook do músico Eduardo Guarnetti Johansen. Além disso, também será compartilhada na página oficial do Facebook do Jardim Botânico de Bauru.

A abertura do projeto este ano contou com o show “A natureza em nós”, com a abertura de Denise Amaral, Emílio dos Santos e Paulo Maia.

Na página oficial do Facebook do Jardim Botânico é possível conferir a programação completa do evento e se preparar para acompanhar as lives no conforto de casa.

As apresentações gratuitas acontecem de quinze em quinze dias e têm início em setembro para comemorar o início da primavera e o dia do cerrado.

Reunidos na praça dos bambus do Jardim Botânico, artistas de Bauru e região acomodam o público com um repertório bastante eclético.

MPB, chorinho, música regional e bossa nova são alguns dos ritmos que acolhem os participantes. Com o objetivo de unir natureza e música, o projeto acontece aos domingos de manhã.