Início » Último dia de inscrições para Prouni

Último dia de inscrições para Prouni

por Casimiro
0 comentário

Período para inscrição nas vagas remanescentes termina neste dia 30

Estudantes interessados em conseguir as bolsas remanescentes do Programa Universidade para Todos (Prouni) tem até este dia 30 para se inscreverem.

Nesta etapa são mais de 90 mil vagas de alunos que desistiram ou reprovaram no processo seletivo. As oportunidades estão disponíveis para o segundo semestre.

Segundo o MEC para o G1, haverá apenas esta fase para inscrição em bolsas remanescentes. Por isso os estudantes devem estar atentos aos próximos prazos decisivos.

Lembrando que os estudantes que já estão cursando o ensino superior também podem concorrer às vagas desde que se encaixem nos requisitos.

O programa

De acordo com o site do MEC, o Programa Universidade para Todos (Prouni) foi criado em 2004 pela Lei nº 11.096/2005. Seu objetivo é conceder bolsas integrais e parciais para estudantes de graduação.

As bolsas também podem beneficiar alunos de cursos sequenciais de formação específica em instituições privadas de educação superior.

Desenvolvido também pelo Ministério da Educação em parceria com o MEC, em sua primeira edição em 2005, o Prouni disponibilizou 112.416 mil bolsas, de acordo com o site Mais Bolsas.

Ainda de acordo com o mesmo site, no primeiro semestre de 2019 o número de bolsas do programa em universidades particulares subiu para 243.888.

Para concorrer a bolsa integral do Prouni os candidatos necessitam contar com a renda familiar bruta máxima de até um salário mínimo e meio (R$ 1558,5 – pelo salário mínimo nacional).

Já o processo seletivo para as bolsas parciais exige não mais que renda bruta mensal per capita de até três salários mínimos (R$ 3117 – pelo salário mínimo nacional).

Além disso, o aluno que quiser concorrer às vagas precisará ter realizado a última edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

O mínimo aceito para a prova é uma nota maior que 450 e 0 na redação. Lembrando que o estudante não pode já possuir diploma do ensino superior.

  • Também é necessário que o aluno tenha concluído o ensino médio todo em instituições pública;
  • Ter concluído o ensino médio como bolsista integral em colégios particulares;
  • Ter cursado o ensino médio parcialmente em escola privada, desde que como bolsista integral;
  • Ser professor do quadro permanente de escola pública (o critério de renda familiar não se aplica nesse caso);
  • Possuir alguma deficiência.

Os alunos que não conseguirem a bolsa completa ainda podem contar com o auxílio de complementação do Fies.

Deixar comentário

logo_bauru

Nós nos consideramos um meio de comunicação social que concorda em beneficiar e colaborar com a cidade de bauru com a veiculação de noticias relacionadas a ela e seus moradores.

CONTATO

Email:
contato@bauru.com.br

2022 © Todos os Direitos Reservados. Desenvolvido por SmokyDev