Início » Vacinação contra o sarampo é prorrogada em Bauru

Vacinação contra o sarampo é prorrogada em Bauru

por Casimiro
0 comentário
a foto mostra uma pessoa sendo vacinada por um médico

Baixa imunização dos brasileiros é uma das causas para a volta da doença

A fim de garantir a segurança dos bauruenses, a Secretaria da Saúde prolongou a 2ª fase da campanha de vacinação contra o sarampo.

A fase que iria até a última segunda-feira (31), se estenderá até 31 de outubro deste ano.

A campanha será dividida por meio da:

  • Vacinação seletiva, para população de 6 meses a 29 anos;
  • Vacinação indiscriminada, para população de 30 a 49 anos.

É importante destacar que a vacina é contraindicada para as gestantes, Uma vez que é feita com o vírus vivo, a gestação pode diminuir a imunidade.

A vacina tríplice viral, responsável pela proteção contra sarampo, caxumba e rubéola, estará disponível em todas as Unidades Básicas de Saúde.

Com exceção das unidades da Vila Falcão, Bela Vista, Geisel e Mary Dota, por conta do atendimento aos pacientes com coronavírus.

Bauru é uma das cidades com circulação ativa do vírus do sarampo, uma vez que dois casos positivos já foram registrados até o momento.

A circulação do vírus do sarampo é ainda bastante presente na Europa e América.

Por isso, migrações e viagens são algumas das causas para a volta da doença. A baixa imunização dos brasileiros também se tornou um fator preocupante.

De acordo com o Ministério da Saúde a taxa de vacinação da tríplice viral foi de 102% para 90%.

Porcentagem considerada abaixo da recomendação ideal da Organização Mundial da Saúde (OMS), que seria de 95%.

A transmissão do sarampo se dá por meio de gotículas do nariz, boca ou garganta de pacientes infectados.

Os principais sintomas são:

  • Febre;
  • Manchas avermelhadas pelo corpo;
  • Tosse;
  • Coriza;
  • Conjuntivite;
  • Sensibilidade à luz;
  • Manchas brancas no interior da boca.

Além disso, pode haver complicações, como encefalite, pneumonia e morte.

A vitamina A pode ser administrada em casos mais graves, como medida de prevenção à cegueira em crianças, uma das sequelas causadas pelo sarampo.

O controle da febre e a ingestão de líquidos na prevenção de complicações também são aliados em casos menos graves.

No entanto, não existe tratamento específico para a doença, a única maneira de evita-la é por meio da vacinação.

Em caso de perda do cartão de vacina é indicado que a pessoa se dirija a uma Unidade Básica de Saúde para avaliação e o possível recebimento de uma dose.

Deixar comentário

logo_bauru

Nós nos consideramos um meio de comunicação social que concorda em beneficiar e colaborar com a cidade de bauru com a veiculação de noticias relacionadas a ela e seus moradores.

CONTATO

Email:
contato@bauru.com.br

2022 © Todos os Direitos Reservados. Desenvolvido por SmokyDev